Quando NÃO usar a vírgula?

Quando NÃO usar a vírgula?

0 1581

Decerto que todo mundo tem uma ideia geral de quando usar a vírgula. Mas existe uma situação em que a vírgula é absolutamente proibida. É na separação de sujeito e predicado: não se separa sujeito (aquele que faz a ação ou sobre quem se fala) do predicado (a parte da frase que contém o verbo, a ação) com vírgula.

“O obstetra decidiu realizar uma cesárea”: não se pode colocar uma vírgula entre “obstetra” (o sujeito) e “realizar” (o início do predicado).

“A idade média dos pacientes era de 20 anos”. Sem vírgula.

“O risco relativo foi de 50%”.

A única situação em que se vê a vírgula logo após o sujeito é quando se quer isolar um complemento. Por exemplo:
“O risco relativo, calculado sobre o total de pacientes, foi de 50%”.
“A idade média dos pacientes, sem considerar os adolescentes, era de 20 anos”.

Palavra Impressa
A Palavra Impressa é uma consultoria que oferece auxílio para publicação de textos e livros da área científica e da área social. Adaptamos os trabalhos às necessidades de cada um e de cada editora que publica os textos, num contato próximo com o cliente. Nosso diferencial é o atendimento. Pessoal, caso a caso.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário