Pílula de português. O hífen do “não” foi abolido!

Pílula de português. O hífen do “não” foi abolido!

0 740

Um dos temas mais complicados, discutidos, contestados e criticados da Nova Norma (agora já está velha!!) Ortográfica é justamente o emprego do hífen.

Em vez de atormentá-los com os mesmos e numerosos dilemas que provocam insônia aos linguistas, prefiro só relembrar, marcar, enfatizar: antes de 2009, usávamos o hífen depois de “não” quando queríamos compor uma nova palavra com sentido negativo. Escrevíamos “não-verbal”, “não-governamental“, e mesmo antes de substantivos, como “não-fumante” etc., certo?

Pois a Nova Norma Ortográfica, que está plenamente em vigor desde janeiro de 2016, ordena que, agora, não usamos mais hífen depois do não.

Portanto, queridos, vamos escrever:

não fatal

não significante

não cirúrgico

não supurativo

não hormonal

… e assim por diante. Sem hífen depois do não. OK?

Palavra Impressa
A Palavra Impressa é uma consultoria que oferece auxílio para publicação de textos e livros da área científica e da área social. Adaptamos os trabalhos às necessidades de cada um e de cada editora que publica os textos, num contato próximo com o cliente. Nosso diferencial é o atendimento. Pessoal, caso a caso.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário