Diretrizes para transplante de medula óssea

Diretrizes para transplante de medula óssea

0 957

 

A Palavra Impressa lançou, no início de setembro, as Diretrizes da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, uma compilação das diretrizes formuladas com base em reuniões de consenso dessa sociedade realizadas em Angra dos Reis, em 2012, da qual participaram cerca de 100 especialistas, representando os principais centros de transplante do Brasil. 

 

A obra foi editada para facilitar a consulta sobre as recomendações a respeito de cada procedimento em transplante de medula para cada tipo de enfermidade ou situação clínica. Alguns dos capítulos haviam sido publicados como artigos científicos, porém foram inteiramente revisados e traduzidos para publicação no livro. 

 

A obra traz material de consulta que permite oferecer informações sobre assistência aos pacientes baseada em evidência científica de nível internacional. O interesse pela leitura é de representantes do governo, que gerem os investimentos públicos na área de saúde, e também das entidades privadas que prestam assistência a pacientes com doenças genéticas, degenerativas e câncer que podem ser tratadas com transplante de medula óssea. Assim, é leitura obrigatória para o Ministério da Saúde e para os planos de saúde complementar.

 

Editar a obra foi um desafio para a Palavra Impressa: o cronograma era curto, pois alguns textos chegaram de última hora, pois haviam acabado de ser atualizados pelos seus autores. O número de referências bibliográficas a serem revisadas e corrigidas numa obra de consenso é enorme, pois são feitas revisões sistemáticas da literatura pelos autores. A padronização de formato entre 15 capítulos de diferentes grupos de autores foi um cuidado que facilita a consulta e a leitura do livro. A finalização dos trabalhos de revisão, normatização e diagramação foi possível com a coordenação do dr. Nelson Hamerschlak, antigo cliente da Palavra Impressa e um dos editores.

 

 

Patricia Logullo
Patricia Logullo é editora de textos e publicações. Trabalha na área de não ficção, especialmente com relatórios científicos, sobre projetos sociais e registros históricos.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário